domingo, 10 de abril de 2011

FELICIDADE.


A felicidade que eu sonhei
Não existe sem voltar
No varal a calça que eu
ganhei
De vou voltar, pra você eu vou voltar.

Coração amargo eu já
provei
Coração amargo eu já provei
E conheço quem
No começo bem
No final
que tem
A verdade vem.

Num pedaço de trapo ou retalho

Finquei minha dor
E uma sina chamada saudade
Que me convidou
Pra
voltar
Pro meu amor
Pra voltar
Pro meu amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário