segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Eu e Eu!


Hoje estava assim. Querendo ficar somente em minha companhia, mas para onde corria tinha sempre alguém a me bajular. Na prática é fácil dizer que vou ser egoísta e que pensarei só em mim. Mas como negar e excluir aqueles que só querem ajudar? Como mandar desfazer um sorriso sincero que insiste em tentar me animar? É como pedir a um mendigo que recuse uma farta esmola. Não quero e nem posso fazer isso, por isso insisto em manter esta distância. Prefiro registrar a minha individualidade. Porque tem dias em que a solidão me completa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário