domingo, 22 de novembro de 2009

Gestos que falam'


Para demonstrar carinho, amor, gratidão ou reconhecimento não precisamos necessariamente de auto-falantes, propagandas em jornal, outdoors ou nenhuma outra forma tão explícita de declaração de nossos sentimentos. Todos estes podem ser apenas sentidos, vivenciados nas ações e atitudes do outro diante de nós.No entanto, muitas pessoas têm dificuldade em expor sob qualquer forma o que carregam no coração. Nem aos que devotam grande carinho e admiração conseguem externar, mesmo que em gestos simples, por serem tão discretas ou mesmo tímidas para tais demonstrações de afeto.Isso não é um defeito, talvez apenas uma dificuldade que pode ter surgido pelas mais variadas razões, ou nem isso. As vezes ocorre pelo simples fato desta pessoa achar que não há necessidade de dizer de quem gosta ou porque gosta, pois a sua maneira, ela acredita que demonstra tudo que sente.Mesmo os mais extrovertidos, em algum momento ou quando o assunto é assim mais pontual, no sentido de demonstrar carinho por alguém, fica meio "travado". Sente insegurança, medo de ter sua declaração não entendida, mal interpretada, ou mesmo não correspondida. E assim, prefere apenas tentar deixar implícito o que sente.Desejo que as palavras não sejam insubstituíveis para declararmos nosso amor a quem queremos tão bem. Mas desejo mais ainda, que nossos gestos sejam claros os suficientes para não deixar dúvidas de nossos sentimentos, desde os mais simples aos mais profundos. Que nossos gestos e atitudes provem o valor verdadeiro de cada pessoa e o quanto queremos e lhe desejamos o bem... Apenas o melhor que há no mundo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário